Biografias de Cientistas: Jacques-Yves Cousteau


Jacques-Yves Cousteau, militar, oceanógrafo e explorador francês (1910-1997). Pioneiro na descoberta dos recursos do fundo do mar. Nasce em Saint-André-de-Cubzac. Entra para a Marinha francesa e chega ao posto de capitão-de-corveta, recebendo treinamento de piloto. Desenvolve veículos subaquáticos e, juntamente com o engenheiro Émile Cagnan, inventa o Aqualung - cilindro portátil de ar comprimido. Cria também a câmara de TV submarina e o escafandro autônomo. Seus estudos foram fundamentais para a exploração de petróleo no mar do Norte e para pesquisa de várias espécies de animais. Inúmeros filmes registram suas viagens a bordo do barco Calypso, do qual se torna comandante em 1950, como a série O Mundo Submarino de Jacques Cousteau. Faz vários documentários de longa-metragem, entre eles O Mundo do Silêncio (1955), co-dirigido pelo cineasta Louis Malle. O filme ganha o Oscar da Academia de Hollywood e a Palma de Ouro do Festival de Cannes. Outro documentário seu, O Mundo sem Sol (1964), também é premiado com o Oscar.
Em suas pesquisas pelo mundo, que incluem viagens ao Brasil, demonstra extrema preocupação com a preservação das espécies e sentimento de solidariedade. Oceanógrafo francês, cineasta e inventor (Nascido.: 11/Jun/1910, Saint-André-de-Cubzac, França - Falecido.: 25/Jun/1997, Paris, França), popularizou o estudo da vida marinha através de inúmeros livros, filmes e programas de televisão que ilustram as suas investigações submarinas. Cousteau, apesar de não ser formalmente um cientista, foi destinado para as explorações submarinas por suas duas paixões: o oceano e o mergulho. Graduou-se na academia naval da França em 1993. Após um acidente automobilístico quase fatal no qual quebrou os dois braços, ele deixou de lado os planos de se tornar um piloto da Marinha. Durante sua recuperação ele descobriu o mergulho, e sua fascinação pelo esporte o inspirou a desenvolver, junto com Émile Gagnan, o "aqualung", também conhecido como scuba (self-contained underwater breathing apparatus), que se tornou disponível comercialmente em 1946.

Jacques-Yves Cousteau

Cousteau ajudou a inventar várias outras ferramentas úteis para os oceanógrafos. Ele serviu na Segunda Guerra Mundial como um oficial de armas na França e também foi membro da Resistência Francesa. Mais tarde ele foi condecorado com a Legião da Honra por seu trabalho de espionagem. Os experimentos de Cousteau com filmagens submarinas começaram durante a guerra, e quando a guerra terminou, ele fundou e liderou o Grupo de Pesquisas Submarinas da Marinha da França, e com isso, continuou o seu trabalho. Para expandir o seu trabalho em exploração marinha, ele fundou inúmeras organizações de marketing, produção, engenharia e pesquisa, que foram incorporadas (1973) como o Grupo Cousteau. Em 1950, Cousteau transformou um navio britânico no Calypso, um navio de pesquisa oceanográfica no qual ele e seu grupo realizaram inúmeras expedições. Ele ganhou reconhecimento internacional com a publicação do livro: "O Mundo Silencioso (1953), o primeiro de muitos livros. Dois anos depois ele adaptou o livro para um documentário que ganhou a Palma de Ouro (1956) no Festival Internacional de Cannes e o Prêmio da Academia (1957), um dos três oscars que seus filmes ganharam. Aposentado da Marinha em 1956 com o título de capitão, Cousteau trabalhou como diretor do Instituto e Museu Oceanográfico de Mônaco. No início da década de 1960 ele conduziu experimentos sobre "viver sob as águas" em laboratórios submarinos denominados: Conshelf I, II e III. Cousteau produziu e atuou em muitos programas de televisão, incluindo a série americana: "O Mundo Submarino de Jacques Cousteau" (1968-76). Em 1974 ele formou a Sociedade Cousteau, um grupo ambientalista sem fins lucrativos dedicado à conservação marinha. O seu último livro, "Man, the Octopus, and the Orchid", foi publicado postumamente. Sociedade Cousteau Site da Sociedade Cousteau, uma organização internacional sem fins lucrativos de pesquisa científica e ambiental. O site inclui a lista completa de filmes, livros e outras publicações impressas, a biografia do fundador: Jacques-Yves Cousteau; informações sobre expedições recentes, e dados das pesquisas do Calypso and Calypso II.

Biografia de Jacques-Yves Cousteau, extraído da Enciclopédia Britânica On-line.

1 comentários:

laura disse...

nossaaaaaaaaaaa esse tal de jacque contribuiu,viu? eu nem imaginei isso dele! mas foi bom conhece-lo e saber o que ele fez e saber tambem que existem pessoas tao boas que nem conhecemos e quando conhecemos o melor a fazer e prestigiar