Vespa Gigante Asiática

Animais incríveis

Vespa Gigante Asiática(Vespa mandarinia)
Há alguns anos a China vem conhecendo o terror digno de filmes como o  The Swarm (O Enxame), mas com um detalhe que faz toda a diferença: os ataques estão sendo causados por vespas gigantescas, que medem cinco vezes o tamanho das abelhas comuns do filme.
Foram centenas de pessoas vítimas da vespa gigante, um exemplo disso foi à cidade de Ankang calcula-se que 36 já morreram e mais de 700 ficaram feridas entre 2002 e 2005 na região. Apesar de não ser um fato estranho à população local, durante esses últimos anos se observa uma onda crescente dos ataques, fato que pode ser fruto de alterações no clima na região, que passa por um aumento de temperatura, tornando mais favorável a reprodução em maior escala da espécie, além da maior expansão dos campos de trabalho em zonas rurais antes isoladas no interior chinês.
A vespa responsável pelos ataques é a maior do mundo. Trata-se da Vespa Gigante Asiática (Vespa mandarinia) ou Vespa mandarina, que também responde pela subespécie chamada de Vespa Gigante Japonesa.
Esse inseto necessita que o seu habitat lhes proporcione uma quantidade adequada de presas, um abastecimento de água suficiente e os materiais para construir seus ninhos chamativos e complexos, os vespeiros. Tais requisitos fazem com que sejam as zonas tropicais e subtropicais do planeta os lugares em que se concentra o maior numero de vespões, já que é nesses bosques relativamente úmidos onde se dão as condições idôneas para sua sobrevivência, no entanto, as vespas gigantes são vespas encontradas em toda a Ásia Oriental como na Coréia, Taiwan, China, Indochina, Nepal, Índia e Sri Lanka, mas elas são mais comumente encontradas nas montanhas do Japão, sendo encontradas habitando florestas de maior altitude, tanto em áreas temperadas e tropicais.
As vespas gigantes são insetos sociais, que vivem em um mesmo ninho ou vespeiro e repartem as tarefas em função da casta ou grupo ao que pertence cada indivíduo. A rainha que é a única fêmea reprodutora da colônia, tem uma só missão, por os ovos dos quais sairão as larvas que vão manter a população da colônia num nível sustentável. O macho ou zangões são os únicos que nascem de ovos que não foram fecundados, e sua única missão é a de fertilizar a rainha para assegurar a manutenção da colônia.
Anatomia externa da Vespa Gigante Asiática
Esta espécie de vespa é maior do que qualquer outra, crescendo entre 2,7 centímetros e 4,5 centímetros de comprimento, com uma envergadura de cerca de 7 centímetros. As rainhas podem crescer até 5,5 centímetros, mas são similares na aparência as operárias com uma cabeça de cor laranja, mandíbulas pretas e um corpo preto e dourado. Elas tem dois pares de olhos, compostos além de ocelos, sendo que ambos são na cor marrom, juntamente com suas pernas. Ao contrário de outras espécies de vespas, e, na verdade das abelhas, o ferrão da vespa gigante asiática não é farpado e, portanto, elas são capazes de picar suas vítimas repetidamente, injetando um veneno complexo que é conhecido por conter oito substâncias químicas diferentes, cada um com uma finalidade específica. Estes vão desde a degeneração do tecido e dificuldades respiratórias, a fazer a picada mais dolorosa e até mesmo atrair outras vespas à vítima.
Temida não só por humanos, a vespa gigante é uma caçadora voraz de abelhas. Costumam atacar colmeias atrás das larvas e do mel. Com suas mandíbulas, uma vespa consegue cortar uma abelha comum ao meio. Um grupo pequeno de vespas pode acabar com uma população de dezenas de milhares de abelhas em questão de horas. Ao invés de usar o seu ferrão, elas matam as abelhas usando suas mandíbulas fortes com extrema força e agilidade. Uma vespa é dito ser capaz de rasgar até 40 abelhas em metade a cada minuto só para conseguir o que ele quer. Mas é também a incrível estratégia defensiva das abelhas, que, às centenas, formam uma bola em torno da vespa e agitam suas asas elevando a temperatura do núcleo, tornando insuportável para a vespa, que morre.
A vespa gigante asiática é hoje listado como uma espécie que estará ameaçada de extinção em um futuro próximo, caso as circunstâncias que rodearam a sua sobrevivência não mudem. Apesar de sua posição dominante em seus ambientes naturais, as populações dessa vespa estão sendo afetadas pela perda de habitat em certas áreas, predominantemente na forma de desmatamento, além disso como já foi mencionado a sua população estão em desequilíbrio principalmente por mudanças climáticas em algumas regiões da Ásia.
Vespa gigante ataca uma abelha.


Abelhas possuem estratégias defensivas contra as vespas.


Referências:

  • ________. Asian Giant Hornet. A-Z Animals. Disponível em: < http://a-z-animals.com/animals/asian-giant-hornet/> Acesso em: 10 de fev. 2015
  • Handwerk, B. 2002. Hornets From Hell" Offer Real-Life Fright. National Geographic News. Retrieved November 14, 2011 from .Disponível em: <http://news.nationalgeographic.com/news/2002/10/1025_021025_GiantHornets.html> Acesso em 09 fev 2015.
  • RONCOLATO M. Ataque de Vespas Gigantes Aterrorizam Chineses. Galileu Noticias. Disponível em: < http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI343355-17770,00-ATAQUE+DE+VESPAS+GIGANTES+ATERRORIZA+CHINESES.html> Acesso em: 11 de fev. 2015. 

2 comentários:

Anônimo disse...

muito boa a reportagem sobre vespas gigantes asiáticas..
parabéns Alex O. e cia...

TURISMO NF disse...

Interresante,parabéns pela matéria.